Quando cita-se um dos melhores laterais esquerdos do Brasil que atua no futebol europeu, o nome de Alex Sandro que atualmente defende a Juventus da Itália e que também atua pela Seleção Brasileira, deve ser levado em conta.

Alex Sandro Lobo Silva nasceu em 26/01/1991 em Catanduva, cidade do interior do estado de São Paulo. Antes de chegar a Juventus, o lateral esquerdo que está para celebrar o seu 29º aniversário iniciou a sua carreira nas categorias de base do Athletico Paranaense. Porém, o que mais se sabe sobre Alex Sandro? Quais títulos conquistou até aqui? Quais feitos ele atingiu ao longo de sua carreira?

Juvenil

Antes de dar os seus primeiros passos no futebol, Alex praticava capoeira e ainda assim, dá para notar isso no seu estilo de jogo; dribles e agilidades nas pernas. Iniciado ao futebol na escolinha da prefeitura de Catanduva, foi reprovado nos dois primeiros testes que fez. No Santos, foi bem, elogiado, mas acabou de fora do corte final da peneira. No São Paulo, viveu um dia ruim e como consequência, não conseguiu mostrar suas qualidades e chegou a duvidar de si mesmo.

Entre as dificuldades que a família tinha para se sustentar e as que o futebol lhe apresentava, Alex Sandro precisou provar sua força. A oportunidade de levar a bola como profissão só surgiu aos 15 anos. Após um amistoso pelo time de Catanduva contra o Athletico-PR.

A Carreira de Alex Sandro em Números

Athletico-PR

Categorias de Base

Em 2006, depois de jogar um amistoso com o time de Catanduva contra o Athletico-PR, Alex Sandro chamou a atenção da comissão técnica do clube paranaense e com isso, surgiu o convite para ele fazer testes no clube.

Depois de passar nos testes, Alex se mudou para Curitiba, e teve que lidar com mais um obstáculo, um até então desconhecido: o frio. Preocupados, os pais mandavam roupas mais quentes pelo correio, já que Alex não tinha condição de comprar as próprias vestimentas na capital paranaense. Nos primeiros meses de Athletico, o lateral recebeu uma ajuda de custo de 100 reais. Mesmo que parecesse pouco, o salário o ajudou a perceber que podia fazer a diferença na vida de sua família e foi o que ele passou a fazer, sempre que podia, mandava dinheiro para a família.

Dois anos depois de chegar ao Athletico-PR (2008), Alex Sandro ascendeu ao elenco profissional do clube.

Trecho retirado do site oficial da CBF

2008

Depois de se destacar nas categorias de base do Furacão – Athletico-PR -, Alex Sandro subiu para a equipe sub-23 do clube e após um ótimo desempenho na Copa Paraná, Geninho – técnico do Furacão naquela época – convocou Alex Sandro para os treinos com a equipe principal do time em outubro e no dia 18, em partida válida pela 30ª rodada do Campeonato Brasileiro, Alex Sandro fez a sua estreia como profissional ao substituir Netinho aos 35 minutos da segunda etapa, porém essa foi uma estreia para se esquecer porque além da derrota ante o Internacional por 2-1, o garoto de 17 também levou um cartão amarelo e depois desse jogo, sequer foi relacionado para os jogos seguintes.

  • Números de Alex Sandro na sua 1ª Temporada no Athletico-PR
Pd Gm A CA CV Mj no ano de 2008
1 0 0 1 0 11

Pd – Partidas disputadas, Gm – Gols marcados, A – Assistências, CA – Cartões amarelos, CV – Cartões vermelhos e Mj – Minutos jogados.

2009

No início do ano de 2009, Geninho usou o Estadual para “rodar” o elenco e com isso, Alex Sandro pôde jogar mais partidas que no ano anterior. Em 25/01/2009, um dia antes de completar 18 anos, o jovem lateral esquerdo marcou o seu primeiro tento como profissional na vitória por 3-0 sobre o Rio Branco.

Ao todo, Alex Sandro disputou 8 partidas pelo Campeonato Paranaense onde o Furacão foi o campeão pela 21ª vez na sua história.

Apesar da conquista do título do Estadual, o Athletico-PR não fez uma boa campanha no início do Brasileirão 2009 e isso custou o cargo de Geninho e com a saída dele, Waldemar Lemos assumiu o comando da equipe e nada mudou e com a iminência do rebaixamento, o clube foi atrás de Antônio Lopes e além de livrar o clube da queda para a série B, vale ressaltar que foi esse último treinador é que deu sequência para Alex Sandro jogar como titular no Furacão.

Em suma, Alex Sandro disputou 24 partidas, fez 1 gol e proveu uma assistência. Quanto ao Athletico-PR, além de ter sido o campeão do Estadual, foi eliminado nas oitavas-de-finais da Copa do Brasil, caiu ainda na 1ª fase da Copa Sul-Americana e terminou o Campeonato Brasileiro em 14º lugar, 3 posições acima da zona de rebaixamento.

  • Números de Alex Sandro na sua 2ª e última Temporada no Athletico-PR
Pd Gm A CA CV Mj no ano de 2009
24 *1 1 2 1 ?

* Gol válido pelo Campeonato Paranaense

Títulos que conquistou no Athletico-PR

  • Campeonato Paranaense de 2009
  • O vídeo abaixo mostra os melhores momentos de Alex Sandro com a camisa do Athletico-PR em 2009
  • Este vídeo foi publicado no YouTube há 9 anos trás por MASTERtalents

Santos

santos-logo

2010

Alex Sandro sendo apresentado como o mais novo reforço do Santos

Depois de 2 anos atuando como atleta profissional do Athletico-PR, Alex Sandro foi adquirido por um grupo de investimentos, que utilizou o modesto Deportivo Maldonado do Uruguai para registro de atletas e esse grupo o negociou com o Santos Futebol Clube e em 5 de março de 2010, Alex Sandro foi anunciado como o mais novo reforço do “alvinegro praiano” – Santos – por 2 anos de vínculo.

Em 07/04/2010, em jogo válido pela 19ª rodada da 1º fase do Campeonato Paulista, Dorival Júnior – técnico do Santos naquela época – escalou Alex Sandro como titular pela 1ª vez e além disso, esta também foi a estreia do jovem lateral esquerdo de 19 anos e ele não decepcionou e no primeiro jogo pelo seu novo clube, marcou um dos gols do triunfo por 4-2 sobre o Sertãozinho. Com este resultado, o Santos terminou em 1º lugar na 1ª fase do Paulistão e tinha o privilégio de jogar os segundos confrontos da fase de mata-mata na Vila Belmiro (estádio do Santos).

Em 21/04/2010, no primeiro segundo confronto das oitavas-de-finais da Copa do Brasil, Alex Sandro ganhou mais uma chance de iniciar uma partida como titular e assim como ocorreu há duas semanas atrás, ele correspondeu novamente e inclusive, marcou um dos gols do “Peixe” – Santos – nesse confronto, porém isso não foi o suficiente já que o time perdeu para o Guarani por 3-2. Apesar do revés, o Santos se classificou para a fase seguinte desse torneio, pois venceu o Guarani por 8-1 no primeiro confronto, num total, 10-4 para o Santos no placar agregado; soma dos 2 confrontos.

Após os 2 gols nos seus primeiros 2 jogos com a camisa do Santos, Dorival Júnior passou a dar mais chances para o jovem lateral de 19 anos e com a lesão de Léo, Alex Sandro teve mais oportunidades de iniciar os jogos como titular.

Em 21/09/2010, Dorival Júnior deixou o comando do Santos e com a saída dele, Marcelo Martelotte assumiu o comando do time até o restante desse ano e assim sendo, 4 dias depois, em jogo da 25ª rodada do Brasileirão, Martelotte colocou Alex Sandro em campo aos 23 minutos da segunda etapa no lugar do atacante Marcel e pouco mais de 20 minutos depois, marcou o seu último tento nessa temporada – o terceiro da sua equipe – na goleada por 4-1 sobre o Cruzeiro.

Em suma, na sua 1ª temporada com a camisa do “Peixe”, Alex Sandro disputou 29 partidas, fez 3 gols e proveu duas assistências. Quanto ao Santos, foi o campeão do Estadual e da Copa do Brasil, terminou o Campeonato Brasileiro em 8º lugar e foi eliminado na 1ª fase da Copa Sul-Americana.

  • Números de Alex Sandro na sua 1ª Temporada no Santos
Pd Gm A CA CV Mj no ano de 2010
29 *3 2 9 2 2064

* 3 gols dos quais 1 foi pelo Brasileirão, 1 pela Copa do Brasil e 1 pelo Campeonato Paulista

2011

Após a saída de Dorival Júnior, Marcelo Martelotte assumiu o Santos interinamente e comandou o time até o fim do Brasileirão de 2010 e antes do início de 2011, o clube definiu o novo treinador da equipe, Adílson Batista.

No início, o novo técnico estava escalando Léo como o lateral esquerdo titular do time e por esse motivo, Alex Sandro não teve sequência entre os titulares e com isso, fez a sua estreia nessa temporada em 15/02/2011, na estreia do “Peixe” na fase de grupos dessa edição da Copa Libertadores contra o Deportivo Táchira da Venezuela fora de casa, jogo no qual entrou em campo aos 32 minutos do segundo tempo no lugar de Léo e mesmo com esta e mais alterações, o Santos não mostrou superioridade e assim sendo, as duas equipes empataram em 0-0.

Após 2 resultados ruins no Campeonato Paulista, Adílson foi demitido do cargo de treinador do Santos e com isso, Marcelo Martelotte comandou o time interinamente e com isso, Alex Sandro voltou a ter espaço entre os titulares, mas ainda assim, o “Peixe” não estava nada bem na fase de grupos da Libertadores e para evitar uma eliminação precoce nessa competição, a diretoria do Santos foi atrás de Muricy Ramalho e assim sendo, o anunciou como novo treinador do time em 05/04/2011.

Sob o comando de Muricy, o Santos conseguiu se recuperar e além disso, também chegou até a final dessa edição da Copa Libertadores da América e a trajetória do Santos rumo a conquista do 3º título desse torneio foi assim> na fase de grupos, o “Peixe” jogou contra o Cerro Porteño do Paraguai, Colo Colo do Chile e Deportivo Táchira da Venezuela e depois de conquistar apenas 2 pontos em 3 rodadas, o clube foi atrás de Muricy Ramalho e logo na sua estreia em 06/04/2011, vitória por 3-2 sobre o Colo Colo e posteriormente, o “alvinegro praiano” venceu os 2 últimos jogos da fase de grupos. No entanto, isso não foi o suficiente para terminar em 1º lugar nesse grupo, mas em compensação, o Santos terminou em 2º e com isso, se classificou para a fase de mata-mata desse torneio.

Nas oitavas-de-finais, o Santos enfrentou o América do México e com o primeiro confronto sendo na Vila Belmiro, obteve um triunfo por 1-0 e no segundo confronto, empate em 0-0 fora de casa e com um placar agregado de 1-0, o Santos seguiu adiante no torneio.

Nas quartas-de-finais, o “Peixe” jogou contra o Once Caldas da Colômbia e com um placar agregado de 2-1 (vitória por 1-0 na Colômbia e empate em 1-1 no Pacaembu), o Santos seguiu adiante na competição.

Na semifinal, o Santos reencontrou o Cerro Porteño e após um triunfo por 1-0 no Pacaembu onde Alex Sandro entrou em campo aos 36 minutos do segundo tempo no lugar de Léo. No segundo confronto contra o time paraguaio, Muricy Ramalho optou por escalar o jovem lateral esquerdo de 20 anos como titular e ele fez parte de um jogo eletrizante, no qual as duas equipes empataram em 3-3 e com um placar agregado de 4-3, o Santos se classificou para a final da Copa Libertadores da América de 2011.

Alex Sandro atuando como titular no 1º jogo da final

Na final, o Santos enfrentou o Peñarol do Uruguai e contando com Alex Sandro como titular no primeiro confronto em solo uruguaio, empate em 0-0. No segundo confronto entre as duas equipes no estádio do Pacaembu em São Paulo – a Vila Belmiro não tinha a capacidade mínima de público exigida pela Conmebol -, Alex Sandro jogou os últimos 25 minutos do triunfo por 2-1 sobre a equipe uruguaia e com esse resultado, pela 3ª vez na sua história, o “Peixe” se sagrava campeão de uma edição da Copa Libertadores da América.

Em 02/07/2011, em jogo adiado da 6ª rodada do Brasileirão, Alex Sandro jogou a sua última partida com a camisa do Santos, jogo no qual o jovem lateral esquerdo de 20 anos jogou o primeiro tempo. Quanto ao resultado dessa partida, vitória por 1-0 sobre o América-MG na Vila Belmiro.

  • Números de Alex Sandro na sua 2ª e última Temporada no Santos
Pd Gm A CA CV Mj no ano de 2011
24 0 1 2 0 1238
Títulos que conquistou no Santos

  • Campeonato Paulista de 2010 e de 2011
  • Copa do Brasil 2010
  • Copa Libertadores da América de 2011
  • O vídeo abaixo mostra um dos gols de Alex Sandro com a camisa do Santos no qual venceu o Cruzeiro por 4-1
  • Este vídeo foi publicado no YouTube há 9 anos atrás por daizanayana

Porto

2011-12

Em 23 de julho de 2011, o Futebol Clube do Porto de Portugal anunciou a contratação de Alex Sandro. O clube português desembolsou 9,6 milhões de euros (cerca de 44,6 milhões de reais) para contar com o lateral esquerdo brasileiro por 5 temporadas e além disso, a cláusula de rescisão de Alex Sandro era de 50 milhões de euros (232,6 milhões de reais).

Devido à uma lesão muscular, Alex Sandro perdeu o início dessa temporada e assim sendo, somente em 15/10/2011 é que Vítor Pereira – técnico do Porto naquela época – promoveu a estreia do jovem lateral esquerdo brasileiro. Uma partida válida pela 3ª fase da Taça de Portugal contra o Pêro Pinheiro, partida na qual os “Dragões” – Porto – massacraram a equipe adversária com uma goleada por 8-0. Posteriormente, o Porto foi eliminado na fase seguinte pelo Coimbra.

Devido à uma nova lesão, Alex Sandro pouco jogou no mês de novembro e ficou de fora dos gramados por 2 meses, dezembro de 2011 e janeiro de 2012. No seu retorno aos gramados em 5 de fevereiro de 2012, o jovem lateral esquerdo brasileiro ganhou a oportunidade de iniciar entre os titulares em partida válida pela última rodada da fase de grupos da Taça da Liga, onde o Porto venceu o Vitória de Setúbal por 2-0. No entanto, os Dragões foram eliminados pelo Benfica na sequência dessa competição.

Em 19/02/2012, em jogo da 19ª rodada da Primeira Liga (Campeonato Português), o jovem lateral esquerdo brasileiro ganhou a sua primeira chance de iniciar entre os titulares nesse campeonato e na sua estreia o Porto venceu o Vitória de Setúbal por 3-1 como visitante.

Em 16/03/2012, em partida válida pela 23ª rodada do Campeonato Português, Alex Sandro entrou em campo aos 32 minutos do segundo tempo no lugar do atacante Cristian Rodríguez e apesar de ter levado um cartão amarelo 2 minutos depois, marcou o seu primeiro e único tento pelo seu novo clube nessa temporada nos acréscimos e com isso, o Porto venceu o Nacional da Madeira por 2-0.

Em suma, na sua 1ª temporada com a camisa dos “Dragões”, Alex Sandro disputou 12 partidas e fez 1 gol. Quanto ao Porto, foi o campeão da Supertaça Cândido de Oliveira – Supercopa de Portugal – e também foi o campeão da Primeira Liga e vice-campeão da Supercopa da UEFA, mas não teve o mesmo desempenho em outras competições; eliminado na fase de grupos da UEFA Europa League 2011-12, eliminado na 4ª fase da Taça de Portugal e chegou até as semifinais da Taça da Liga.

  • Números de Alex Sandro na sua 1ª Temporada no Porto
Pd Gm A CA CV Mj na temporada 2011-12
12 *1 0 3 0 830

* Gol válido pela Primeira Liga

2012-13

Devido às lesões, Alex Sandro não conseguiu se firmar na equipe titular do Porto na temporada anterior e assim que se recuperou, passou a disputar a titularidade com o francês Eliaquim Mangala e apesar de não ter jogado a decisão da Supertaça Cândido de Oliveira e de ter entrado no segundo tempo do empate em 0-0 com o Gil Vicente na estreia da Primeira Liga 2012-13, o lateral esquerdo brasileiro ganhou a sua primeira chance como titular em 25 de agosto de 2012, em jogo da 2ª rodada da Primeira Liga, ao qual o Porto venceu o Vitória de Guimarães por 4-0.

Após a goleada contra o Vitória de Guimarães, Alex Sandro passou a ser escalado como titular e assim sendo, em 18/09/2012 na estreia do Porto na fase de grupos da UEFA Champions League (Liga dos Campeões) contra o Dinamo Zagreb da Croácia, o camisa 26 – Alex Sandro – foi um dos destaques do triunfo por 2-0 sobre o time croata fora de casa ao prover a assistência para o gol de Lucho González na partida.

Em 19 de janeiro de 2013, em jogo da 15ª rodada da Primeira Liga, o jovem lateral esquerdo de 22 anos marcou o seu primeiro e único tento nessa temporada na vitória por 2-0 sobre o Paços de Ferreira no estádio do Dragão (estádio do Porto). Na rodada seguinte, o camisa 26 deu o passe para o gol de Lucho González no triunfo por 3-0 sobre o Vitória de Setúbal fora de casa.

Em suma, na sua 2ª temporada com a camisa dos “Dragões”, Alex Sandro disputou 36 partidas, fez 1 gol e proveu 4 assistências. Quanto ao Porto, foi o campeão da Supertaça Cândido de Oliveira e da Primeira Liga, também foi o vice-campeão da Taça da Liga e foi eliminado nas oitavas-de-finais da Liga dos Campeões e da Taça de Portugal.

  • Números de Alex Sandro na sua 2ª Temporada no Porto
Pd Gm A CA CV Mj na temporada 2012-13
36 *1 4 7 0 2945

* Gol válido pela Primeira Liga

2013-14

Com a saída de Vítor Pereira que aceitou a oferta para treinar o Al-Ahli da Arábia Saudita, o clube agiu rápido e anunciou Paulo Fonseca como o novo técnico e no primeiro jogo sob o comando do novo treinador em 10 de agosto de 2013, jogo no qual o Porto e o Vitória de Guimarães decidiram o título da Supertaça Cândido de Oliveira, Paulo Fonseca escalou Alex Sandro entre os titulares e os “Dragões” venceram pelo placar de 3-0.

Na estreia do Porto nessa edição da Primeira Liga em 18/08/2013, o camisa 26 foi escalado como titular e a sua equipe venceu o Vitória de Setúbal por 3-1 em pleno estádio do Bonfim (estádio do Vitória de Setúbal).

Em 06/10/2013, em jogo da 7ª rodada da Primeira Liga, Alex Sandro foi um dos destaques da vitória por 3-1 sobre o Arouca ao dar o passe para 1 dos 2 gols de Jackson Martínez.

Em 5 de fevereiro de 2014, em confronto válido pelas quartas-de-finais da Taça de Portugal, o camisa 26 proveu a sua última assistência nessa temporada, assistência para o gol de Nabil Ghilas no triunfo por 2-1 sobre o Estoril. Posteriormente, o Porto foi eliminado pelo Benfica na fase seguinte.

Após uma série de resultados ruins que deixaram o Porto na 3ª colocação da Primeira Liga e com uma desvantagem de 9 pontos sobre o Benfica, Paulo Fonseca foi demitido do cargo de treinador do clube e com a saída dele, o interino Luís Castro comandou a equipe até o fim dessa temporada.

Em suma, na sua 3ª temporada com a camisa dos “Dragões”, Alex Sandro disputou 48 partidas e proveu 4 assistências. Quanto ao Porto, terminou em 3º lugar no Campeonato Português, chegou às semifinais da Taça de Portugal e da Taça da Liga, terminou em 3º lugar na fase de grupos da UEFA Champions League e com isso, ganhou uma vaga na fase de mata-mata da UEFA Europa League onde chegou até as quartas-de-finais.

  • Números de Alex Sandro na sua 3ª Temporada no Porto
Pd Gm A CA CV Mj na temporada 2013-14
48 0 4 16 0 4216

2014-15

Antes mesmo do término da temporada 2013-14, o Porto anunciou o espanhol Julen Lopetegui como novo treinador da equipe e sob nova direção, os “Dragões” estrearam nessa edição da Primeira Liga em 15 de agosto de 2014 com um triunfo por 2-0 sobre o Marítimo. Convém lembrar que Alex Sandro foi o autor do passe para o gol de Rúben Neves.

Em 30/11/2014, em jogo da 11ª rodada da Primeira Liga, o camisa 26 dos Dragões marcou o seu primeiro e único tento nessa temporada na goleada por 5-0 sobre o Rio Ave.

Em 17 de maio de 2015, em partida válida pela penúltima (33ª) rodada do Campeonato Português, o lateral esquerdo brasileiro proveu assistência para o gol de Jackson Martínez no empate em 1-1 com o Belenenses fora de casa.

Em suma, em mais uma temporada com a camisa dos “Dragões”, Alex Sandro disputou 40 partidas, fez 1 gol e proveu 5 assistências. Quanto ao Porto, terminou em 2º lugar na Primeira Liga, chegou até às semifinais da Taça da Liga, foi eliminado nas quartas-de-finais da UEFA Champions League e não teve um bom desempenho na Taça de Portugal onde sequer chegou até as oitavas-de-finais.

  • Números de Alex Sandro na sua 4ª Temporada no Porto
Pd Gm A CA CV Mj na temporada 2014-15
40 *1 5 12 1 3450

* Gol válido pela Primeira Liga

2015-16

Em 15 de agosto de 2015, na estreia do Porto nessa edição da Primeira Liga, Alex Sandro jogou a sua última partida pelos “Dragões” e foi um dos destaques do time nessa partida ao prover assistência para 1 dos 2 gols do atacante Vincent Aboubakar.

  • Números de Alex Sandro na sua 5ª e última Temporada no Porto
Pd Gm A CA CV Mj na temporada 2015-16
1 0 1 0 0 90
Títulos que conquistou no Porto

  • Primeira Liga de 2011-12 e 2012-13
  • Supertaça Cândido de Oliveira de 2013
  • O vídeo abaixo mostra os melhores lances de Alex Sandro com a camisa do Porto
  • Este vídeo foi publicado no YouTube em 20 de agosto de 2015 por Damon 97

Juventus

2015-16

Alex Sandro posando para fotos logo após a realização dos exames médicos

Em 20 de agosto de 2015, a Juventus da Itália anunciou a contratação de Alex Sandro. A equipe italiana desembolsou 26 milhões de euros (cerca de 119,7 milhões de reais) para contar com o lateral esquerdo por 5 temporadas.

Em 12/09/2015, em jogo da 3ª rodada da Serie A (Campeonato Italiano), Massimiliano Allegri – técnico da Juventus naquela época – promoveu a estreia do lateral esquerdo recém-contratado como titular e no seu primeiro jogo pelo novo clube, empate em 1-1 com o Chievo.

A atual campeã Juventus enfrentou um início difícil nessa temporada e estava abaixo dos 10 primeiros colocados da tabela no final de outubro. A reação da “Velha Senhora” – Juventus – começou com uma vitória por 2-1 no “Derby della Mole” – nome dado ao clássico entre Juventus e Torino – em 31/10/2015, em partida válida pela 11ª rodada do Campeonato Italiano, onde o lateral-esquerdo brasileiro desempenhando um papel fundamental nessa recuperação e de forma surpreendente, pois entrou em campo aos 42 minutos da segunda etapa no lugar de Paulo Dybala e 3 minutos depois deu o passe para Juan Cuadrado definir o placar do jogo, vitória da Juve por 2-1 sobre o Torino.

Em 21/11/2015, em jogo da 13ª rodada da Serie A, o novo camisa 12 da Juve entrou em campo ainda aos 29 minutos do primeiro tempo devido à uma lesão de Patrice Evra e aos 20 minutos do segundo tempo, deu o passe para Dybala marcar o único gol da vitória da Juventus sobre o Milan. Quatro dias depois, em partida válida pela 5ª rodada da fase de grupos da UEFA Champions League, Alex Sandro se destacou novamente ao dar o passe para Mario Mandžukić marcar o único gol do triunfo da Juventus sobre o Manchester City da Inglaterra.

Em 17 de janeiro de 2016, em jogo da 20ª rodada da Serie A, Alex Sandro marcou o seu primeiro tento pelo seu novo clube de fora da área na goleada por 4-0 sobre a Udinese em plena Dacia Arena (estádio da Udinese).

Em 31/01/2016, em partida válida pela 22ª rodada do Campeonato Italiano, o novo camisa 12 da Juve marcou o seu 2º e último tento nessa temporada na goleada por 4-0 sobre o Chievo.

Em 17/02/2016, foi confirmado que Alex Sandro ficaria afastado por 10 dias depois de sofrer uma lesão durante um treino no dia anterior e isso fez com que ele perdesse o primeiro confronto das oitavas-de-finais da Liga dos Campeões contra o Bayern de Munique da Alemanha e apesar da rápida recuperação e de ter jogado o segundo confronto em 23/02/2016, não pôde impedir a eliminação da Juventus mesmo tendo uma boa atuação nessa partida.

Em 21/05/2016, em confronto válido pela final da Copa da Itália, Alex Sandro entrou em campo aos 17 minutos do segundo tempo no lugar de Patrice Evra e jogou o restante do tempo regulamentar e toda a prorrogação onde a Juventus derrotou o Milan com um gol de Álvaro Morata no Stadio Olimpico, em Roma. Esse foi o primeiro título de Alex Sandro pelo seu novo clube.

Em suma, na sua 1ª temporada com a camisa da Juve, Alex Sandro disputou 32 jogos, fez 2 gols e proveu 4 assistências. Quanto a Juventus, além de ser a campeã da Copa da Itália, também foi a campeã do Campeonato Italiano e foi eliminada nas oitavas-de-finais da UEFA Champions League.

  • Números de Alex Sandro na sua 1ª Temporada na Juventus
Pd Gm A CA CV Mj na temporada 2015-16
32 *2 4 7 1 2246

* Gols válidos pela Serie A

2016-17

Em 18 de setembro de 2016, em jogo da 4ª rodada da Serie A, Alex Sandro foi um dos destaques desse “Derby d’Italia” – nome dado ao clássico entre Internazionale e Juventus – ao dar o passe para o gol de Stephan Lichtsteiner nesse jogo, ao qual a equipe adversária levou a melhor e venceu por 2-1.

Em 27/11/2016, em jogo da 14ª rodada da Serie A, o camisa 12 da “Velha Senhora” marcou um gol contra na derrota por 3-1 ante a Genoa. Apesar desse incidente, o lateral esquerdo brasileiro conseguiu ter um rendimento melhor nessa temporada do que na anterior a ponto de ter mais minutos jogados que Patrice Evra. Por falar no lateral francês, ele acabou se transferindo para o Olympique de Marselha da França na janela de transferência de inverno.

Em 03/12/2016, em partida válida pela 15ª rodada do Campeonato Italiano, Alex Sandro marcou o seu primeiro tento nessa temporada na vitória por 3-1 sobre o Atalanta no Allianz Stadium (estádio da Juventus).

Em 22 de fevereiro de 2017, no primeiro confronto das oitavas-de-finais da UEFA Champions League, o camisa 12 da equipe de Turim – Juventus – foi um dos destaques da vitória por 2-0 sobre o seu ex-clube – Porto – onde deu o passe para Daniel Alves marcar o gol dele na partida. Posteriormente, a Juventus venceu a equipe portuguesa novamente em Turim por 1-0 e se classificou para a fase seguinte.

Em 25/02/2017, em jogo da 26ª rodada da Serie A, o lateral esquerdo marcou o seu 2º tento nessa temporada no triunfo por 2-0 sobre o Empoli.

Paralelamente a disputa do Campeonato Italiano, a Juventus disputava a Liga dos Campeões e nas quartas-de-finais desse torneio enfrentou o Barcelona da Espanha e com um placar agregado de 3-0 – vitória por 3-0 no primeiro confronto na Itália e empate em 0-0 na Espanha -, a “Vecchia Signora” avançou para a fase seguinte. Vale destacar que Alex Sandro desempenhou um papel importante nesses 2 jogos onde a sua boa performance defensiva ajudou a neutralizar Lionel Messi.

Em 17/05/2017, em confronto válido pela final da Copa da Itália, outra grande atuação do lateral esquerdo onde proveu assistências para os gols de Daniel Alves e de Leonardo Bonucci respectivamente na vitória por 2-0 sobre a Lazio. Com esse resultado, a Juve chegava a sua 12ª conquista desse título. Quatro dias depois, em partida válida pela penúltima rodada (37ª) do Campeonato Italiano, Alex Sandro marcou o seu 3º e último tento nessa temporada na vitória por 3-0 sobre o Crotone.

Em 03/06/2017, o Millennium Stadium em Cardiff no País de Gales foi o palco da final da Liga dos Campeões entre o Real Madrid da Espanha e a Juventus onde o time espanhol foi soberano e venceu essa partida por 4-1. Vale mencionar que o camisa 12 da Juve teve importante papel na construção da jogada que culminou no único gol da sua equipe. No entanto, o desempenho de Alex Sandro e de seus colegas de equipe no segundo tempo foi menos convincente e além disso, um dos erros do lateral esquerdo custou um gol de seu ex-companheiro de seleção sub-20 e de Porto, Casemiro.

Em suma, em sua 2ª temporada com a camisa da equipe de Turim, Alex Sandro disputou 43 partidas, fez 3 gols e proveu 7 assistências. Quanto a Juventus, ganhou todos os campeonatos que disputou na Itália – Supercopa da Itália, Campeonato Italiano e Copa da Itália – e foi vice-campeã da UEFA Champions League 2016-17.

  • Números de Alex Sandro na sua 2ª Temporada na Juventus
Pd Gm A CA CV Mj na temporada 2016-17
43 *3 7 7 0 3416

* Gols válidos pela Serie A

2017-18

Na estreia da Juventus nessa edição da Serie A em 19 de agosto de 2017, Alex Sandro foi um dos destaques da vitória por 3-0 sobre o Cagliari ao dar o passe para o gol de Gonzalo Higuaín.

Em 23/09/2017, em jogo da 6ª rodada da Serie A, o camisa 12 teve uma grande atuação nesse “Derby della Mole”, inclusive marcou o seu primeiro gol nessa temporada, ao qual a Juventus venceu por 4-0.

Em 4 de fevereiro de 2018, em partida válida pela 23ª rodada do Campeonato Italiano, Alex Sandro marcou o seu 2º tento nessa temporada na goleada por 7-0 sobre o Sassuolo e além do gol marcado, deu o passe para 1 dos 2 gols de Sami Khedira.

Em 18/02/2018, em jogo da 25ª rodada da Serie A, o camisa 12 foi o autor do único gol da vitória sobre o Torino.

Em 18/04/2018, em partida válida pela 33ª rodada do Campeonato Italiano, o lateral esquerdo marcou de cabeça o único gol da Juve no jogo; empate em 1-1 com o Crotone fora de casa.

Em suma, em sua 3ª temporada com a camisa da equipe de Turim, Alex Sandro disputou 39 partidas, fez 4 gols e proveu 6 assistências. Quanto a Juventus, foi campeã do Campeonato Italiano e da Copa da Itália, foi vice-campeã da Supercopa da Itália e chegou até as quartas-de-finais da UEFA Champions League.

  • Números de Alex Sandro na sua 3ª Temporada na Juventus
Pd Gm A CA CV Mj na temporada 2017-18
39 *4 6 12 0 3280

* Gols válidos pela Serie A

2018-19

Na estreia da Juventus nessa edição da Serie A em 18 de agosto de 2018, Alex Sandro foi um dos destaques da vitória por 3-2 sobre o Chievo em pleno Marcantonio Bentegodi – estádio do Chievo – ao prover a assistência para o gol de Federico Bernadeschi.

Em 23/10/2018, em partida válida pela 3ª rodada da fase de grupos da UEFA Champions League, o camisa 12 fez o seu jogo de número 50 por esse torneio e celebrou essa ocasião com uma vitória da Juve por 1-0 sobre o Manchester United da Inglaterra em pleno Old Trafford (estádio da equipe inglesa).

Em 30 de março de 2019, em jogo da 29ª rodada da Serie A, o lateral esquerdo jogou a sua 100ª partida por esse campeonato e celebrou essa ocasião com uma vitória da Juventus por 1-0 sobre o Empoli. Três dias depois, em mais uma partida válida pela Serie A fez o seu jogo de número 150 pelo clube e mais uma vez a equipe de Turim saiu de campo com a vitória; triunfo por 2-0 sobre o Cagliari.

Em 20/04/2019, em partida válida pela 33ª rodada do Campeonato Italiano, o camisa 12 marcou o seu primeiro e único tento nessa temporada na vitória por 2-1 sobre a Fiorentina.

Em suma, em mais uma temporada com a camisa da equipe de Turim, Alex Sandro disputou 43 partidas, fez 1 gol e proveu 3 assistências. Quanto a Juventus, foi campeã do Campeonato Italiano e da Supercopa da Itália, chegou até as quartas-de-finais da Liga dos Campeões e da Copa da Itália.

  • Números de Alex Sandro na sua 4ª Temporada na Juventus
Pd Gm A CA CV Mj na temporada 2018-19
43 *1 3 11 0 3322

* Gol válido pela Serie A

2019-20

Após o fim da temporada 2018-19, Massimiliano Allegri deixou o comando da equipe e para o seu lugar, o clube resolveu apostar as suas fichas em outro treinador italiano, Maurizio Sarri.

Na estreia da Juve e do novo treinador nessa edição da Serie A em 24 de agosto de 2019, Alex Sandro deu o passe para Giorgio Chiellini marcar o gol da vitória da equipe de Turim sobre o Parma.

Em 18/09/2019, na estreia da Juventus na fase de grupos da UEFA Champions League, o camisa 12 proveu a assistência para o gol de Blaise Matuidi no empate em 2-2 com o Atlético de Madrid da Espanha no estádio Wanda Metropolitano (estádio do time espanhol).

Em 18/12/2019, em jogo da 17ª rodada da Serie A, Alex Sandro foi um dos destaques da vitória por 2-1 sobre a Sampdoria ao prover assistências para os gols de Paulo Dybala e de Cristiano Ronaldo respectivamente.

Até aqui, Alex Sandro disputou 24 partidas e proveu 4 assistências.

  • Números de Alex Sandro na sua 5ª e atual Temporada na Juventus
Pd Gm A CA CV Mj na temporada 2019-20
24 0 4 2 0 **2083

** a temporada 2019-20 está em andamento

Títulos que conquistou na Juventus

  • Serie A 2015-16, 2016-17, 2017-18 e 2018-19
  • Supercopa da Itália 2018
  • Copa da Itália 2015-16, 2016-17 e 2017-18
  • O vídeo abaixo mostra todos os gols que Alex Sandro marcou com a camisa da Juventus até aqui
  • Este vídeo foi publicado no YouTube 20 de agosto de 2019 por MajorK TV

Números de Alex Sandro na Seleção Brasileira

Brasil

Seleções de Base

Seleção Principal

Olimpíadas Londres de 2012

  • Desempenho de Alex Sandro nas Olimpíadas de 2012
Pd Gm A CA CV Mj
3 0 1 1 1 198

Eliminatórias da Copa do Mundo FIFA de 2018

Copa América 2019

  • Desempenho de Alex Sandro na Copa América 2019
Pd Gm A CA CV Mj
4 0 0 0 0 258
Títulos que conquistou na seleção brasileira

  • Campeonato Sul-Americano Sub-20 de 2011
  • Copa do Mundo FIFA Sub-20 de 2011
  • Copa América 2019
  • O vídeo abaixo mostra o único gol que Alex Sandro marcou com a camisa da Seleção Brasileira até aqui
  • Este vídeo foi publicado no YouTube há cerca de 1 ano atrás por Barca Barcelonista

TOTAL

Pd Gm A CA CV Mj
23 1 0 2 0 1532
Prêmios individuais
  • Equipa do Ano: O Jogo: 2012, 2013
  • Gran Galà del Calcio: Serie A de 2016–17, Serie A de 2017–18

Considerações Finais

O post A Carreira de Alex Sandro em Números apareceu primeiro em Futebol Stats.

follow us in feedly  

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.