O fim dos planos ilimitados de internet fixa no Brasil parece questão de tempo nas grandes operadoras do país, mas o consumidor está se unindo para demonstrar insatisfação.

A mais nova forma de protesto é um abaixo-assinado online pelo serviço de petições Avaaz. O objetivo é mostrar que o consumidor não terá benefícios com essa novidade, que seria ilegal: além de contrariar o Marco Civil da Internet, ela praticamente obriga você a migrar para os planos mais caros de uma operadora — e, mesmo assim, correr o risco de ficar sem conexão antes do fim do mês.

Ao acessar a página do abaixo-assinado,
é possível ver que mais de 1,1 milhão de pessoas deixaram registrada a
sua insatisfação com as medidas propostas pelas operadoras. A meta é
alcançar 1,4 milhão de assinaturas, e, a julgar pelo ritmo em que o
contador se move, acreditamos que não vai demorar muito para que isso
aconteça.

Quando esse número for atingido, os organizadores da petição
pretendem enviá-la às principais operadoras do país e órgãos
responsáveis, como o Ministério Público Federal e, evidentemente, a
Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel).

Momento importante 

Não é de se estranhar todo o rebuliço em
torno do assunto. Com as novas medidas que as operadoras pretendem
adotar, o usuário ficaria limitado a um plano de internet com uma
quantia específica de dados para consumir, similar ao que vemos na
internet móvel. O que isso significa? Você poderia baixar menos jogos no
seu console e até mesmo diminuir o número de episódios de séries
visualizados via streaming, por exemplo.

Logo, um dos propósitos
do abaixo-assinado é provar, com números, que diversos consumidores
estão contra a medida, mostrando que não haveria nenhum tipo de
benefício para os contratantes – afinal, isso os forçaria a migrar para
os planos mais caros de uma operadora.

Veja Também!  Assista Tottenham x Borussia Dortmund AO VIVO COM IMAGEM GRÁTIS ESPORTE INTERATIVO

Além da petição que está
correndo no Avaaz, a Associação Brasileira de Defesa do Consumidor, a
Proteste, também está com um abaixo-assinado em seu site. Você pode
participar clicando aqui,
e até o momento da publicação desta notícia a ação contava com mais de
71 mil nomes registrados – a meta é alcançar 500 mil assinaturas.

Fonte: Tecmundo

follow us in feedly  

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.