Aproveitando pequenos pagamentos, que podem oscilar entre 50 pences e 20 libras (qualquer coisa como 60 cêntimos e os 22 euros), crescem no Facebook páginas de apostas ilegais que prometem prémios avultados, que podem variar entre dinheiro, consolas e smartphones.

Segundo uma investigação do jornal britânico Times, está a crescer o número de páginas que usam ferramentas como a Lotaria Nacional para promover sorteios fraudulentos, desde logo porque a lei nacional impede “o recurso à Lotaria para fins privados”. O sistema aproveita pequenos “investimentos”, na lógica de rifas, que permitem aos utilizadores habilitar-se a prémios que, no final, poderá representar uma aposta no vazio, dado que os promotores destas iniciativas acabam, regra geral, por apoderar-se da totalidade desses valores. Segundo aquela publicação, identificou perto de 100 grupos onde estas práticas são recorrentes, alguns com mais de 5 mil membros.

A Comissão Britânica dos Jogos, autoridade que regulamenta esta actividade – em Portugal, a concessão dos jogos de apostas está entregue à Santa Casa da Misericórdia de Lisboa – alerta que os jogos ilegais cresceram 10x nos últimos três anos.

Veja também…

Deixe o seu comentário

follow us in feedly  

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.