A Apple anunciou a compra da aplicação de identificação de músicas Shazam. Termina com esta comunicação oficial um rumor que pairava sobre o setor tecnológico desde a semana passada.

O comunicado, que foi enviado à Imprensa, refere que «a Apple está entusiasmada com o Shazam, assim como com o potencial de talento da sua equipa que virá a integrar o quadro da empresa». Quanto ao futuro do produto pouco ainda se sabe, sendo que, ainda através do mesmo comunicado é descrito que a «Apple Music e o Shazam são uma combinação natural, uma paixão partilhada por descobertas musicais e por oferecer excelentes experiências musicais aos nossos utilizadores».

Os valores do negócio não foram revelados, orçando o TechCrunch que a Apple irá pagar 400 milhões de dólares pelo Shazam. Este valor é bastante inferior ao de mil milhões de dólares já registado pela empresa que nos últimos tempos tem vindo a definhar. A receita em 2016 do Shazam foi de apenas 54 milhões de dólares.

Veja Também!  Lyon x Barcelona Narração Online Esporte Interativo

Estará a Apple interessada apenas na tecnologia que faz mover o Shazam ou irá torná-la exclusiva dos seus produtos não físicos? Há a ressalvar que o Shazam possui fortes compromissos com o Spotify e o Snapchat.Na próxima semana os órgãos reguladores dos EUA irão pronunciar-se sobre este negócio.

Veja também…

Deixe o seu comentário

follow us in feedly  

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.