Apple deverá lançar iPhone com carregamento sem fio em 2017

0
155

A Apple poderá lançar no próximo ano um novo iPhone semelhante ao iPhone 4, porém, com tela AMOLED de 5,8 polegadas. Além disso, o aparelho deverá vir com sistema de carregamento de bateria wireless e ainda com um novo sistema de reconhecimento biométrico. As informações foram repassadas por Ming-Chi Kuo, analista da KGI Securities ao site 9to5Mac.

O iPhone em questão, de acordo com o analista, será lançado no próximo ano, o que contraria boatos anteriores que diziam que a Apple não lançaria um aparelho com tela AMOLED antes de 2018.

A fonte ressaltou ainda que a Maçã estaria em dúvida entre a escolha de um modelo com acabamento em plástico, cerâmica ou vidro. A opção mais provável seria de vidro para compor as faces traseiras e dianteiras. As laterais seriam metálicas, semelhantes aos dos aparelhos 4 e 4s. Uma curvatura também será adicionada na parte traseira do aparelho, para que tenha uma “pegada” mais confortável.

Quanto ao reconhecimento biométrico, ainda não está claro o que seria, podendo ser algum tipo de reconhecimento fácil, como também leitura de íris através da câmera frontal do aparelho.

“Esperamos que o novo modelo de iPhone 2017 adote um projeto estrutural semelhante ao do iPhone 4 / 4s, o que significa que será equipado com vidro em ambos os lados dianteiro e traseiro, e uma armação de metal nas laterais. A diferença é que o novo modelo provavelmente virá com uma tela curvada e invólucro de vidro curvo, com outras características importantes, incluindo um display AMOLED de 5,8 polegadas, carregamento sem fio, e reconhecimentos biométricos (facial ou da íris). Se a Apple for capaz de produzir um número suficiente de modelos de 5,8 polegadas, o dispositivo maior vai substituir totalmente o modelo de 5,5 polegadas, o que significa que a Apple vai oferecer iPhones de 4,7 polegadas e 5,8 polegadas em 2017”, diz a nota enviada pelo analista.

A Apple, como de costume, não se manifestou sobre o assunto. Assim sendo, não podemos confirmar a veracidade das informações, já que tudo não passa de rumores.

Fonte: Oficina da Net

follow us in feedly  

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.