Recorda-se quando a Apple agitou as águas com a redução significativa do tamanho dos ficheiros gravados, solução encontrada para permitir que mais fotografias fossem salvas nos armazenamentos mais curtos do iPhone? Pois bem, a procissão ainda agora vai…o leitor sabe o resto! Queremos dizer que esse passo foi meio caminho para a Google e a Mozilla avançarem para novos formatos de imagem, num consórcio a que a Apple também se juntou, para criarem uma nova tecnologia de compressão de imagens e vídeos. O nome provisório, segundo o portal CNet, é AV1 e as companhias, que integram o consórcio Alliance for Open Media, garantem que esta nova solução será mais eficiente do que as tecnologias atuais, e as gigantes pretendem torná-lo o codec padrão da indústria num futuro próximo.

Veja Também!  Ficha Técnica | Wanda Sykes: Not Normal (Original Netflix)

Segundo o Alliance for Open Media, o novo codec será livre de direitos de autor e de código aberto, com o objetivo final de unificar a indústria de media rumo a um futuro universal. Isso porque, atualmente, os fabricantes de dispositivos e software usam padrões diferentes, e quem sai prejudicado acaba por ser o utilizador. Além deste formato, e pela quantidade de informação que consegue comportar, o JPEG tem ainda limitações no que toca ao espetro de cores que pode refletir, e à inserção de texto ou logótipos. É assim que nasce igualmente o HEIC, que tem vindo a ser desenvolvido pela Apple, e promete comprimir para metade o armazenamento necessário para guardar uma imagem no formato JPEG. Este formato pretende funcionar como uma evolução da tecnologia HEVC, que foi criada pelo consórcio HEVC.

Veja Também!  Ficha Técnica | Tolkien (2019)

Veja também…

Deixe o seu comentário

follow us in feedly  

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.