Asus ZenFone AR é anunciado com duas versões

0
422

A Asus oficializou nesta sábado (25 de março) o Zenfone AR no mercado brasileiro, no anúncio feito em primeira mão no evento OnBoard 3 que também deu destaque para chegada do Zenfone 3 Zoom na tarde da última sexta-feira.

Anunciado no início do ano da CES 2017, o modelo é o primeiro da empresa com foco na realidade aumentada, e o segundo a fazer parte do Google Tango, sucedendo o Lenovo Phab2 Pro. Vale notar que a Asus destaca o Zenfone AR como o primeiro de seu nicho com chipset Snapdragon 821, que traz uma série de melhorias consideráveis para otimizar a experiência.

E para quem não lembra da empreitada implementada como ‘Tango’ do Android, a solução basicamente viabiliza um conceito aprimorado de AR (realidade aumentada) em smartphones da última geração. A tecnologia trabalha com uma combinação de entradas a partir de uma variedade de sensores, processando-os em informação útil de uma forma mais rápida, fluida e dinâmica.

 

Com o Tango em pleno funcionamento, é possível utilizar a localização mesmo em lugares cobertos, e a realidade virtual trabalha em qualquer ambiente – por exemplo, você pode conferir previamente como alguns móveis ficariam em cômodos distintos de sua casa ou até mesmo os resultados de uma reforma, antes mesmo de contratar os trabalhadores para dar início às obras.

Infelizmente, como o projeto ainda não está finalizado, a Asus ainda não é capaz de lançar o Zenfone AR no mercado, já que depende do pleno funcionamento do Tango para que seu produto entregue exatamente o que a empresa deseja.

Para tira proveito do Tango, o celular é munido de um dos conjuntos de hardware mais respeitáveis e condizentes ao sistema do Google, comportando um Snapdragon 821 e uma Adreno 530 auxiliados por um sistema avançado de resfriamento líquido para evitar estrangulamento térmico em atividades mais intensas, e nada menos que 8 GB de RAM.

A Asus relembra ainda que o Zenfone AR é o primeiro modelo do mercado compatível com Tango e Daydream, fazendo assim com que seja o modelo mais indicado para quem quer aproveitar as plataformas de realidade aumentada e realidade virtual da Google, respectivamente.

  • Tela Super AMOLED de 5,7 polegadas com resolução Quad HD (1440 x 2560 pixels)
  • Chipset Qualcomm Snapdragon 821 quad-core de 2,35 GHz
  • GPU Adreno 530
  • 6 ou 8 GB de RAM
  • 64, 128 ou 256 GB de armazenamento interno (slot microSD de até 256 GB)
  • Câmera principal de 23 megapixels com sensores para captura de profundidade e movimento
  • Câmera frontal de 8 megapixels
  • Leitor de impressões digitais no botão home
  • Dimensões de 158,67 x 7,77 x 8,95 milímetros
  • Peso de 170 gramas
  • Bateria de 3.300 mAh
  • Android 7.0 Nougat como sistema operacional sob a interface Zen UI da Asus

No mercado brasileiro o Zenfone AR estará disponível a partir do final do segundo trimestre de 2017, como confirma a companhia taiwanesa, porém ainda não temos uma data específica revelada para nosso país.

As variantes nacionais terão 6 ou 8 GB de RAM, porém não temos informações sobre as versões em termos de armazenamento interno até o momento. Vale destacar que o Zenfone AR é um modelo de nicho que traz tecnologias extremamente novas e, obviamente, caras, então não espere nada barato como temos na linha Zenfone 3.

O preço do produto para no cenário nacional também não foi estipulado em definitivo, mas estaremos reportando as devidas informações atualizadas no decorrer desta semana.

follow us in feedly  

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.