Comparação: FIFA 17 x PES 2017 Qual Será seu Game ?

0
312

Texto de FIFA PES Brasil

Como todo ano em que as concorrentes Electronic Arts e Konami lançam seus jogos de futebol virtual, as comparações são inevitáveis. Na disputa por um dos principais mercados dos games, FIFA 17 e PES 2017 chegaram às lojas recentemente e trazem muitas evoluções em relação as suas versões anteriores, como jogabilidade e gráficos. Neste texto, colocamos os jogos lado a lado e comparamos cada questão.

Gráficos:

Antes grande vantagem do Pro Evolution Soccer, a parte gráfica dos jogos está cada vez mais disputada. O game da Konami ainda leva vantagem principalmente na questão de fluidez e reprodução dos movimentos reais dos jogadores, mas FIFA tem cada vez evoluído mais nessa questão e se aproximado do PES, principalmente na hora de reproduzir as faces dos atletas. Apesar da diferença ter diminuído, a empresa japonesa ainda leva vantagem nessa questão.

Jogabilidade:

Aqui é uma questão mais de gosto. Enquanto o FIFA deu um salto tremendo na jogabilidade com a implantação da tecnologia “Frostbite”, PES manteve uma dinâmica muito parecida com a versão 2016 que já agradava bastante os fãs e aqueles que jogassem pela primeira vez. Por conta da melhor fluidez gráfica, o game da Konami dá uma sensação de mais realidade que o da EA. Entretanto, a questão tática, outro fator que PES levava bastante vantagem, foi bastante melhorada no FIFA e essa diferença diminuiu bastante. O game da EA é um jogo mais cadenciado e um pouco mais focado na manutenção da posse de bola enquanto a Konami traz um jogo mais veloz, com mais chances de jogadas individuais.

Licenciamento:

Apesar de não influir tanto no game como um todo, o licenciamento das equipes e jogadores é fator diferencial para muitos gamers e nesse quesito o FIFA dá um banho no PES na quantidade de times completamente disponíveis para se jogar. Para tentar rebater, a Konami fechou parcerias exclusivas com Barcelona, Liverpool, Borussia Dortmund e River Plate. Entretanto, os dois pecam na mesma questão: o licenciamento dos clubes brasileiros.

Campeonato Brasileiro:

Apesar de ter fechado acordo com a CBF, conseguido a exclusividade do Campeonato Brasileiro completo e trazer os 20 times da Série A o PES apresenta elencos desatualizados e muitos jogadores genéricos enquanto o FIFA não conta com Corinthians e Flamengo e todos os jogadores de clubes brasileiros são genéricos. Uma tristeza causada por ambos os jogos para os gamers brasileiros.

Outras competições:

Em termos de quantidade de campeonatos, FIFA dá uma goleada no seu concorrente. Enquanto a Konami se limita a algumas competições europeias e as competições sul-americanas, a EA traz mais de 80 campeonatos diferentes ao redor do planeta, incluindo ligas como J-League (Japão) e a da Arábia Saudita. O que acaba gerando mais jogadores e mais possibilidades na hora de começar o modo carreira, por exemplo. Mas se a questão para você é jogar os principais campeonatos europeus com os pacotes gráficos das ligas em questão, a sua escolha é o PES. Enquanto o FIFA conta apenas com a Premier League, o game japonês tem La Liga, UEFA Champions League, UEFA Europa League e Supercopa da UEFA completamente licenciados.

Modos de jogo:

Uma das grandes inovações do FIFA 17 foi o “Modo Jornada” aonde você controla a vida de Alex Hunter, uma jovem promessa do futebol inglês que busca seguir os passos do seu avô e se tornar uma lenda mundial. Apesar de ótima ideia, a EA deixou a desejar fazendo com que a história de Hunter durasse apenas uma temporada, o que frustrou a grande maioria dos jogadores. No modo carreira como técnico, FIFA 17 trouxe boas inovações como a divisão de objetivos em objetivos nacionais, internacionais, financeiros e desenvolvimento das categorias de base e um maior controle sobre as finanças da sua equipe.
Enquanto isso, o PES segue com a Master Liga e apela para a nostalgia, sendo possível começar com uma equipe genérica, assim como na época de Winning Eleven. Com menos equipes licenciadas, fica mais difícil para a Konami construir um modo carreira tão amplo como o da EA, mas a Master Liga ainda satisfaz os jogadores da franquia japonesa.

Conclusão:

Fazia muito tempo que a disputa entre os dois concorrentes não era tão acirrada. Escolher um dos dois para jogar parece mais uma questão de gosto do que escolher o melhor. Para quem prefere jogar com times brasileiros e uma partida mais fluída, com mais velocidade, a grande indicação é o PES 2017. Agora, se você não se importa com times brasileiros genéricos, quer mesmo é jogar com o maior número de europeus possíveis e quer um jogo um pouco mais cadenciado, em que você tenha mais que cuidar da bola e que seja mais simulador, FIFA 2017 é o seu game.

Texto de FIFA PES Brasil

follow us in feedly  

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.