A autoridade reguladora em Portugal das comunicações postais e das comunicações electrónicas (ANACOM) revelou os resultados de um estudo, segundo o qual a TDT tem ficado aquém das expectativas e, se o caminho actual for mantido, “a penetração irá continuar a decrescer e os utilizadores da TDT serão indubitavelmente as populações de menor rendimento disponível, do interior e com menos apetência tecnológica”.

Os autores do estudo consideram que “não parece possível que o atual detentor do DUF [Direito de Utilização das Frequências] tenha qualquer incentivo para o alargamento da oferta, a introdução de novos canais e serviços ou a valorização da plataforma no seu todo”.

“Deve ser ainda analisada e equacionada a implicação, em termos de conflitos de interesse, da Meo – empresa titular do DUF – ser a mesma (ou estar inserida no mesmo grupo de empresas) que um operador concorrente à TDT – o operador de TV por cabo e satélite da Meo”, defende a análise global da situação da TDT no país”.

Veja Também!  Ficha Técnica | O Príncipe de Peoria – 2ª Temporada (Original Netflix)

Veja também…

Deixe o seu comentário

follow us in feedly  

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.