As apostas entusiasmadas do Facebook nos vídeos acabou criando uma camada de usuários frustrados, porque a rede social aparentemente não tinha pensado num detalhe importante: nem todo mundo conta com conexão de qualidade para consumir esse tipo de material.

O problema, entretanto, começará a ser resolvido em 11 de julho, quando usuários de países em desenvolvimento ganharão a possibilidade de baixar os vídeos enquanto estiverem no Wi-Fi para assisti-los quando estiverem com internet ruim ou até mesmo totalmente desconectados.

Para evitar que a novidade seja usada para pirataria, o download só funcionará dentro do aplicativo do Facebook; não vai dar, por exemplo, guardar um vídeo na memória do dispositivo. Publicações feitas por pessoas e páginas estarão disponíveis offline, a menos que os publicadores expressem que não desejam que isso aconteça, o que poderá ser feito por meio das configurações do site.

Veja Também!  Ficha Técnica | Cemitério Maldito (2019)

A empresa não disse quais locais entrarão no esquema, apenas garantiu que ele funcionará em “mercados como a Índia”, o que deixa uma porta aberta para o Brasil, um país que também faz parte dos Brics e tem, ao mesmo tempo, muitos internautas e conexão ruim.

Fonte: Olhar Digital

follow us in feedly  

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.