FBI tenta novamente obrigar Apple a destravar um iPhone

0
119

Você achava que o embate entre a Apple e o FBI tinha chegado ao fim depois do caso de San Bernardino? Parece que ele foi apenas o começo. Depois que a agência do governo revelou que não precisava mais da ajuda da Apple para acessar iPhones criptografados, ela ajudou no destravamento de outro celular no Arkansas.

 Porém, na sexta-feira (8), o FBI informou à um juiz federal em Nova York que era necessário compelir a Apple a destravar um celular apreendido num caso de tráfico de drogas no Brooklyn. O caso novaiorquino tem uma aparência similar ao que aconteceu em San Bernardino. Assim como o caso do terrorista, a corte ficou do lado da Apple e julgou que o FBI exagerou ao tentar forçar a colaboração da Apple para destravar o iPhone de um traficante de Nova York.

 Segundo as afirmações do diretor do FBI, James Comey, a ferramenta de hacking da agência funciona apenas no iPhone 5c e modelos anteriores do celular, por isso o FBI precisaria da ajuda da Maçã para acessar os dados do iPhone 5s com o iOS 7 instalado. Para especialistas, não é claro se o FBI realmente precisa da ajuda da Apple, uma vez que o iOS 7 não tem a “trava de segurança” que foi o grande entrave do FBI para acessar o iPhone de San Bernardino.

 O que se sabe no momento é que existem pelo menos uma dúzia de outros casos em que a Apple é chamada para ajudar a destravar iPhones. A caminhada será longa.

Fonte: Canal Tech

follow us in feedly  

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.