Uma página de projeto divulgada na última semana através do Github revela que a Google está trabalhando em um novo sistema operacional baseado no Linux conhecido como Fuchsia. A plataforma deve servir como um complemento ao Android e ao Chrome OS, atuando de forma totalmente individual e com propósitos próprios.

Segundo o Android Police, o software usa o kernel Magenta, que foi desenvolvido para trabalhar com meios que vão de desktops convencionais a dispositivos baseados na Internet das Coisas. Isso significa que, teoricamente, a solução futuramente vai poder ser encontrada em laptops, smartphones, tablets, smartwatches e até mesmo em sistemas de iluminação inteligentes, entre outros meios.
O desenvolvimento do Fuchsia acontece na linguagem de programação Dart, sendo que ele também tem suporte ao Flutter para a criação de elementos de interface. Isso dá a entender que a Google vai apostar em um visual inspirado na linguagem Material Design, o que está longe de ser uma surpresa.
Embora a companhia ainda não tenha revelado o sistema oficialmente, dois de seus engenheiros já confirmaram alguns de seus detalhes. Entre eles está o fato de que o Fuchsia é um projeto inteiramente open source — o que explica sua aparição no Github — e que seu desenvolvimento vai ser totalmente documentado assim que ele for apresentado oficialmente — no entanto, até o momento não há qualquer previsão de quando isso deve acontecer.
Fonte: Tecmundo
follow us in feedly  
Veja Também!  Assista EC São Bernardo x Primavera-SP AO VIVO Paulista A3

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.