Google Home, o assistente pessoal que te ouve e faz de tudo na sua casa

0
128
Google Home

A Google apresentou durante a conferência principal do Google I/O um produto que deve fazer com que você converse mais com ele do que com as outras pessoas da sua casa. Trata-se do Google Home, um aparelho que lembra uma caixa de som, mas é muito mais completa, tecnológica e surpreendente do que isso.

Google Home, como o próprio nome sugere, é destinado para ficar parado em um cômodo da sua residência. Ele é capaz de interagir via comandos de voz com você e, a partir de uma evoluída integração com plataformas, conectar-se com outros serviços e eletrônicos.
Quer perguntar alguma coisa para o Google, como você fazia com o celular? Bateu a vontade de assistir a algo na TV? É só falar para o Google Home e ele responde — ou, no caso, do vídeo, o conteúdo aparece na Smart TV da sua casa.
Assim, você pode falar com o assistente enquanto cozinha, joga, lê e por aí vai. As tarefas mais cotidianas possíveis ficarão fáceis, já que o aparelho suportará ações como agenda, dispositivos da Internet das Coisas (incluindo lâmpadas, termostatos e aparelhos da linha Nest, que é da própria Google).
Música para todos

Em termos de reprodução de áudio, o Google Home é capaz de tocar músicas, playlists, álbuns, artistas e podcasts de seus serviços favoritos com você ativando isso só usando a voz. Ou, se preferir, pode ainda enviar arquivos do Android ou iOS por transmissão via Google Cast.
Em um nível mais avançado e com mais equipamentos em casa, você pode controlar outros speakers e até fazer o chamado “multiroom playblack”, com a mesma música ou arquivos diferentes tocando em mais de um cômodo do local.
Muito mais que decorativo
O design do aparelho é moderno e elegante, mas discreto e pequeno o suficiente para que não se destaque muito na decoração das casas. Para você ter uma ideia, ele é do tamanho de caixas de som tradicionais de desktops.
O speaker, que ocupa toda a parte inferior do dispositivo, preenche a sala com música se necessário. Como era de se esperar de algo tão moderno, não há botões físicos para obrigar você a usar um controle remoto ou ir até ele para fazer alguma interação. Tudo é feito só falando com o assistente, com um reconhecimento de voz que carrega mais de 10 anos de inovação em processamento de áudio e tecnologias desenvolvidas pela Google.



Disponibilidade
O Googel Home estará disponível no fim do ano, mas ainda não há informações concretas sobre a disponibilidade do aparelho ao redor do mundo, os diferentes modelos ou o preço.

Fonte: Tecmundo

follow us in feedly  

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.