São cada vez mais fortes os indicadores de que a Google está apostada em trilhar o seu caminho sem depender de terceiros, sobretudo terceiros mergulhados na instabilidade da estrutura accionista. Nesse sentido, a Google revelou a contratação de Manu Gulati, um dos antigos homens fortes do desenvolvimento dos chips utilizados pela Apple, nomeadamente nos iPads e iPhones.

O diferendo que opõe a Qualcomm e companhias como a Apple ou a Broadcom, com repetidos episódios nos tribunais em torno do uso de patentes no fabrico e desenvolvimento de chips, está a motivar diversas companhias a avançarem para o fabrico das suas próprias soluções.

De acordo com o diário ABC, o lançamento da gama Pixel, e o consequente término da linha Nexus, foi um passo dado no sentido da uniformização da marca Google, que com a contratação de Manu Gulati prova que olha com atenção para o desenvolvimento dos seus próprios chips.

O engenheiro, especialista no design de processadores móveis, foi colaborador da Apple durante vários anos A Google tem feito algumas experiências em nome próprio no campo do processamento. A integração do Visual Core nos Pixel 2 e Pixel 2 XL foi um dos primeiros resultados deste esforço.

Veja também…

Deixe o seu comentário

follow us in feedly  

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.