A vontade do Google em ter uma rede social para chamar de sua vem desde 2004 quando começou a fazer sucesso com o famoso Orkut, mas este teve seu fim com o lançamento do Google+.

Desde 2015 a rede social Google+ esteve com a “corda no pescoço” devido a vários problemas que tem enfrentado, tais como baixa adesão desde o seu lançamento e falhas de segurança que provocaram vazamento de dados privados dos usuários.

A notícia é recente e dá conta de que o Google+ vai fechar. Foi a própria gigante das pesquisas que o anunciou, mas de forma muito discreta e sem esclarecer as verdadeiras razões para que este movimento seja feito.

Veja Também!  Assista Juventus x Portuguesa AO VIVO Campeonato Paulista A2

O processo de desligamento da rede social terá início nas próximas semanas e terá o seu fim em agosto de 2019, altura em que será definitivamente encerrada para os usuários. Curiosamente o Google tem planos para deixar a vertente direcionada a empresas ativa.

Antes do Google anunciar este fim, surgiu a informação de que teria havido ao longo dos últimos 3 anos uma falha de segurança numa das APIs do Google+. Esta falha teria sido descoberta recentemente, numa análise de segurança do próprio Google, que se recusou a revelá-la.

Segundo fontes próximas a este processo, a razão para a recusa em divulgar a informação foi a possível imagem negativa que este caso iria causar sobre a empresa.

Veja Também!  Manchester United x PSG Narração Online Esporte Interativo

No cerne do problema estaria o acesso que essa API daria aos dados do usuário e dos seus contatos.

A dimensão deste problema ultrapassaria o de problemas recentes, afetando 500 mil usuários, que teriam dado acesso a 438 aplicações.

Ao avaliar esta falha, o Google aparentemente não detectou qualquer utilização indevida da API, mesmo com a falha.

Com o fim do G+, o Google anunciou também um conjunto de novidades associadas à gestão de dados dos usuários, ao controle que estes podem ter sobre os seus dados e à informação que permitem que as aplicações possam acessar.

Depois do Facebook e do seu escândalo com a Cambridge Analytica, é hora do Google se ver a braços com problema de privacidade. Este é mais um caso que prova que mesmo com todas as medidas de segurança aplicadas, as falhas existem e em qualquer lado não estando ninguém verdadeiramente protegido.

Veja Também!  Assista Tottenham x Borussia Dortmund AO VIVO COM IMAGEM GRÁTIS ESPORTE INTERATIVO
follow us in feedly  

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.