Lembra-se da notícia que dava conta da multa à Lenovo, na ordem dos 3,5 milhões de dólares, pela pré-instalação do VisualDiscovery nos novos portáteis, sem o consentimento dos utilizadores? E da polémica por este software representar uma vulnerabilidade na privacidade das comunicações encriptadas?

Pois bem, a novidade é que a HP está no centro do furacão por uma prática idêntica, camuflada num programa de monitorização e diagnóstico. A companhia está a ser acusada da instalação de um spyware através do HP Touchpoint Analytics Service, um conjunto de ferramentas para gerir a segurança do seu dispositivo mas que, na prática, está ele mesmo a comprometer a segurança do sistema.

Veja Também!  Temperatura Máxima | Globo exibe ‘Maze Runner: Correr ou Morrer’ (17/02)

De acordo com a página PCMag, ninguém ainda sabe ao certo como esta ferramenta chega ao computador, se através das atualizações automáticas do Windows, ou através do HP Support Assistant. A HP ainda não comentou o caso. Este ano, investigadores ligados às novas tecnologias descobriram que a empresa usava um driver de áudio com keylogger embutido, problema resolvido após uma atualização através do Windows Update.

Veja também…

Deixe o seu comentário

follow us in feedly  

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.