Lugar de menina é na Ciência!

0
136

Lugar de menina é…na Ciência! Nesta semana, aconteceu o Desafio de Tecnologia e Inovação dos Institutos Federais, em Porto Velho, Rondônia, e as garotas dominaram a competição. Quem visitou a arena do evento se deparou com diversos grupos de jovens cientistas, como a equipe do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Paraná (IFPR), que é formada somente por meninas. No total, 200 mulheres participaram do Desafio, que teve o apoio da Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica (Setec) do Ministério da Educação (MEC).

Foi a paixão pela Ciência que fez as estudantes Maiaria Silva e Júlia Christina, de Curitiba, mudarem de curso técnico em suas escolas. Antes alunas de contabilidade, as duas optaram pela transferência para o curso técnico integrado em mecânica, em 2016. “As meninas, agora, se interessam por temas de alta tecnologia, como a robótica”, diz Maiara, em entrevista ao Portal do MEC.

Maiara, Júlia e mais uma colega, Eleonora Avello, formam a equipe Hakuna Matata. As três amigas foram do Sul ao Norte do país para participar da competição. Para financiar a viagem, as jovens cientistas arrecadaram dinheiro com atividades empreendedoras, como a realização de palestras sobre robótica.

O próximo desejo da turma é participar da Olimpíada Brasileira de Robótica (OBR), que acontecerá no Recife, em outubro. “Vamos continuar promovendo atividades para arrecadar recursos e destinar todo o montante para a equipe do IFPR que se classificar para a fase nacional da OBR, independentemente de ser ou não a nossa equipe”. Disse Maiara ao MEC.

Nesta edição do Desafio de Tecnologia e Inovação, as meninas competiram na modalidade Seguidor de Linha, em que se deve criar um robô que consiga percorrer um trajeto demarcado, com um circuito de obstáculos.

Fonte:Universia Brasil

follow us in feedly  

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.