Pesquisadores criam tecnologia que elimina uso de senhas em redes Wi-Fi

0
106

Uma nova pesquisa do Computer Science and Artificial Intelligence Laboratory (CSAIL), setor do MIT dedicado à ciência da computação e inteligência artificial, criou uma nova maneira de tornar uma rede Wi-Fi mais segura sem a necessidade de utilizar uma senha.

Liderada pelo professor Dina Katabi, a equipe utilizou uma tecnologia que permite que um ponto de acesso Wi-Fi possa identificar com precisão todos os aparelhos conectados a ele. Batizada de Chronos, a tecnologia pode ser usada para conceder acesso a um roteador Wi-Fi com base na localização exata do usuário, tornando muito mais difícil que um intruso possa acessar a rede a partir de um lugar remoto.

Os pesquisadores afirmaram que a Chronos é 20 vezes mais precisa do que as técnicas semelhantes existentes. Ela calcula o tempo que os dados levam para viajar do roteador até o dispositivo do usuário. Essa distância identifica com precisão a localização de um usuário. Durante os testes, a equipe do MIT utilizou a tecnologia dentro de uma residência e comprovou que a Chronos é capaz de identificar a localização de um usuário, em qual quarto ele está, por exemplo, durante 94% do tempo. Em uma cafeteria, o teste apontou que a tecnologia é capaz de identificar usuários do estabelecimento de intrusos por cerca de 97% do tempo.

A tecnologia Chronos também poderia ser bastante útil para tornar os drones mais seguros. Por determinar precisamente a distância de um dispositivo, a tecnologia poderia manter os drones a uma distância segura das pessoas, evitando acidentes. Além disso, a criação dos pesquisadores do MIT também seria útil para várias outras tarefas, como para encontrar um dispositivo perdido.

Apesar dos pontos positivos, a Chronos apresenta alguns problemas, sendo a principal delas a falta de privacidade. O sistema poderia ser utilizado, por exemplo, para rastrear a localização do usuário. Contudo, a tecnologia ainda deve passar por algumas evoluções e é possível que alguns de seus problemas devem ser atenuados com sua melhoria e desenvolvimento.

Fonte: Canal Tech

follow us in feedly  

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.