Uma megaoperação empreendida por polícias de diversos países com o apoio da Europol e da Aliança Anti-Pirataria no Audiovisual desmantelaram, uma rede gigantesca de cardsharing. Esta rede, que praticava o famoso ‘cardsharing’ possuía remos em países como Chipre, Bulgária e Grécia.

Desencadeada pela polícia de Chipre, a investigação contou com o auxílio das autoridades gregas, holandesas, búlgaras e também da superpolícia europeia Europol. No final foram detidas quatro pessoas na sequência de buscas a 17 residências. Além dos canais gregos e cirpriotas a rede dedicava-se também à difusão por streaming de canais internacionais pagos.

O comunicado da Europol esclarece que esta rede estava suportada por um esquema de comercialização gigante que abrangia praticamente todos os países europeus. Os preços rondavam os 20 euros mensais, valor muito inferior ao cobrado pelas operadoras.

Veja Também!  Assista Tottenham x Borussia Dortmund AO VIVO COM IMAGEM GRÁTIS ESPORTE INTERATIVO

A difusão do sinal tinha como base um endereço IP baseado na Holanda e que remetia para 84 servidores e 70 recetores de satélite instalados na Bulgária. Na operação foram ainda apreendidos vários descodificadores, computadores e documentos financeiros.

Estima-se que houvesse em Portugal subscritores de serviços ilegais prestados por esta rede.

Veja também…

Deixe o seu comentário

follow us in feedly  

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.