sing-buster

Aos seis anos de idade, o coala Buster Moon assiste a um espetáculo musical que muda o destino de sua vida. A partir daí, o menino decide ter um teatro e promover shows e eventos como aquele.

Através de muito trabalho, o pai de Moon realiza o desejo do filho, o presenteando com a compra do teatro. Mas, com o passar do tempo, o teatro Moon perde a sua credibilidade e também todo o seu público.

Para tentar salvar seu teatro do fracasso e tantas contas atrasadas, Moon promove um concurso de canto, que graças a um erro de digitação de sua secretária, promete um prêmio de cem mil dólares ao vencedor. O anúncio errado atrai toda a cidade para as audições, onde Moon seleciona os participantes para o grande show que salvaria seu teatro da falência.

sing-audicoes

A animação se inicia apresentando a vida de seus personagens principais, o que tira parte da expectativa para o momento das audições. As personagens tem em comum o sonho de se tornarem artistas. Cantores, dançarinos ou músicos, todos buscam o mesmo objetivo, e todos tem problemas que os impedem de alcança-lo. Pressão familiar, descrédito, medo e até mesmo um relacionamento abusivo, são questões enfrentadas pelas personagens no decorrer do longa, mas que se tornam insignificantes no desfecho.

Por se tratar de uma animação e ter um grande número de crianças como público alvo, o roteiro é diferenciado, uma vez que apresenta diversas situações presentes em nossa sociedade, envolvendo vários tipos de personalidades e fugindo dos clichês de filmes infantis.

Ignorando a ideia de que produções infantis não precisam ser muito complexas, o longa traz mensagens que vão muito além de piadas e trapalhadas. Seus momentos reflexivos podem ser facilmente ignorados por uma criança, mas levam um adulto a pensar.

sing-rosita

Além disso, o filme apresenta grandes sucessos musicais dos últimos anos, o que pode ser uma grande decepção para quem assiste dublado em português, uma vez que o áudio original em inglês é mantido durante as músicas cantadas pelos personagens, deixando nítida a discrepância entre as vozes originais e as dubladas.

 

O post Resenha | Sing – Quem Canta Seus Males Espanta apareceu primeiro em Entreter-se.

Autora: Kethillin Motta

follow us in feedly  

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.