Samsung fecha 2017 à frente da Intel como fabricante de processadores

0
24

A Samsung conseguiu em 2017 ganhar a corrida à posição de líder mundial de fabrico de processadores. Para trás ficou o histórico gigante Intel que nos últimos anos tem perdido protagonismo de forma assustadora, tal é a importância que os equipamentos móveis desempenham na atualidade.

A liderança da Intel como maior fabricante mundial de processadores tinha 26 anos e nunca havia sido contestada neste longo período de tempo. Este resultado já era esperado desde julho, quando a Samsung conseguiu chegar à posição de líder, apenas nos resultados trimestrais.

O estudo desenvolvido pela consultora Gartner, a ultrapassagem da Samsung à Intel aconteceu devido à alta nos preços dos chips de memória, sobretudo na produção de memórias DRAM e armazenamento flash NAND. O mesmo relatório indica que as memórias DRAM aumentaram de preço 44% entre 2016 e 2017, enquanto para os módulos flash NAND o preço subiu 17%.

A receita da Samsung subiu drasticamente com o aumento da produção de semicondutores. Se em 2016 a empresa faturou 40,1 mil milhões de dólares, em 2017, a companhia coreana viu a soma disparar para 61,2 mil milhões, aumento que pode ser traduzido percentualmente por 52,6%.

Estagnada no tempo permaneceu a Intel. Em 2016, faturou 54,1 mil milhões de dólares, tendo num ano aumentado apenas 6,7% para 57,7 mil milhões.

Para Andrew Norwood, um dos responsáveis pelos estudos da Gartner, a vitória da Samsung pode vir a ser contestada em breve já que se deve apenas a subida de preços no mercado. Assim que os valores estabilizem num patamar normal, a Intel pode recuperar o topo da tabela.

Veja também…

Deixe o seu comentário

follow us in feedly  

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.