Telegram procura autofinanciamento com criptomoeda própria

0
23

A aplicação de comunicações dita mais segura do mundo, a Telegram, está prestes a encetar um novo caminho na sua carreira com a busca de autofinanciamento através do lançamento de criptomoeda própria. A novidade foi avançada pelo site Cryptovest.

A utilização da própria cadeia de blocos (blockchain) do Telegram é o alicerce para a nova moeda que terá também como base uma rede chamada TON (Telegram Open Network). Com este plano a Telegram poderá arrecadar 1,2 mil milhões de dólares.

A moeda virtual em questão poderá receber a designação de Gram, unidade de divisa que entrará em circulação com 5 bilhões, destinando-se apenas 44% para compra através de uma ICO. A rede manterá 52% de unidades e os restantes 4% serão entregues à equipa responsável pelo Telegram.

O plano de autofinanciamento da empresa, que realizará pré-venda da moeda virtual junto de grandes investidores com à vontade para comprar um volume mínimo de 20 milhões de dólares em criptomoedas do Telegram.

Veja também…

Deixe o seu comentário

follow us in feedly  

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.