“Tinderella” ou o romance da era tecnológica

0
19

Consegue imaginar aquela situação em que, por alguma razão que a Ciência ainda não identificou com rigor, carrega no botão “Enviar” e acaba por entregar uma mensagem à última pessoa que a poderia receber? O Evening Standard publicou a história de um jovem a quem a sua pouca destreza com a aplicação Tinder o levou a um “problema” de dimensão estadual.

Numa história já apelidada de “Tinderella”, Hayden Moll quis mostrar o seu interesse pela “sua” Claudia através da aplicação de encontros Tinder mas, ao invés de confirmar o interesse na sua prometida, deslizando o botão para a direita, deslizou o botão para a esquerda.

A acção gerou o envio de um email a todas as Claudias do Campus Universidade Missouri State. Na aplicação de encontros Tinder, são apresentados vários perfis com o nome da pessoa, a idade, uma breve descrição e fotografias – se gostar do que vê, o utilizador desliza para a direita; se não estiver interessado, para a esquerda.

Se ambos deslizarem para a direita, é um “match” e poderão então conversar dentro da aplicação, mas basta um deslizar para a esquerda para que tal não aconteça. Rezam as crónicas que a Claudia, Alley de apelido, foi mesmo encontrada nesta história de romance da era tecnológica.

Veja também…

Deixe o seu comentário

follow us in feedly  

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.