Vídeo de 10 horas no Youtube alvo de polémicas

0
35

Quem costuma publicar conteúdos na plataforma Youtube certamente que de uma forma mais ou menos recorrente já se deparou com notificações de violação de propriedade intelectual, por vezes em situações que certamente não está correcto. Acontece que a empresa sediada nos Estados Unidos da América é obrigada pela lei desse mesmo país a remover todo o conteúdo que viole os direitos de autor. Por essa razão a Google criou o chamado “Content ID” que analisa todos os vídeos automaticamente.

Porém esta análise nem sempre funciona correctamente, e a mais recente prova disso é o professor australiano Sebastian Tomczak que está a ser alvo de cinco reivindicações de direitos de autor num vídeo que não tem mais nada para além de barulho. O vídeo em causa tem uma duração de dez horas e foi completamente criado com recurso ao programa Audacity em 2015. Praticamente três anos após o vídeo estar publicado na plataforma eis que um utilizador alega ter os direitos de autor sobre esta “composição musical”.

O caso não é único e há dois anos um vídeo que já fazia parte da plataforma Youtube foi utilizado num episódio transmitido no canal FOX e pouco tempo depois foi bloqueado por alegadas violações aos direitos de autor da FOX. O proprietário do vídeo recorreu e conseguiu ver o seu vídeo desbloqueado.

Veja também…

Deixe o seu comentário

follow us in feedly  

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.