A entrada da Xiaomi em bolsa poderá acontecer ainda em 2018. A empresa chinesa está a estudar o melhor operador bancário para a realização da operação que se desenrolará sob os moldes de uma Oferta Pública Inicial até 100 milhões de dólares.

Na corrida pela OPI da Xiaomi, e segundo a agência Bloomberg, estão os bancos Morgan Stanley, Goldman Sachs, Credit Suisse e Deutsche Bank sendo que a empresa poderá ainda decidir sobre subscritores chineses adicionais.

Atualmente a Xiaomi é a quarta maior fabricante de smartphones na China, por trás de empresas como Huawei, Oppo e Vivo. Em 2014 chegou a atingir o topo, o que lhe valeu a designação de “Apple chinesa” já que possuía no seu portefólio equipamentos com clara inspiração nos modelos da Apple, como por exemplo o Mi4.

Veja Também!  Domingo no Cinema | Band exibe ‘Jogo Sujo’ (17/02)

Ainda segundo a Bloomberg, a Xiaomi pondera a entrada no mercado norteamericano, medida que terá de ser tomada com extrema racionalidade já que a Huawei não foi feliz com esta expansão com os operadores de telecomunicações a bloquearem a sua entrada no mercado por medo de falhas de segurança..

Veja também…

Deixe o seu comentário

follow us in feedly  

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.