Parece que histórias de espionagem de alta tecnologia não acontecem apenas nos livros. De acordo com informações do portal The Information, a Apple teme que alguns de seus equipamentos e serviços na nuvem adquiridos recentemente estão sendo violados por vendedores que concordam em colocar um backdoor para espionagem do governo.

 A situação é ao mesmo tempo preocupante e hilária porque a maioria dos serviços da Apple são baseados em tecnologia de nuvem, como iTunes e App Store, além do iCloud necessitar de um data center enorme para operar. Até hoje, a Apple não foi capaz de criar um data center suficiente para suas necessidades, e tem utilizado serviços de suas rivais, como os serviços de web da Amazon e Microsoft. 

Recentemente, o Google identificou a Apple como um cliente da Plataforma de Nuvem do Google. Jordan Novet, do site Venture Beat, informa que a Apple recomeçou a tentativa de construir seu próprio centro de dados, chamado Projeto McQueen, mas com resultados não muito satisfatórios. A gigante da tecnologia suspeita que as backdoor adicionadas a seus equipamentos são grandes em número, tanto que por algum tempo a empreso estava até tirando foto das placa-mães dos computadores utilizados, para se certificar exatamente qual tipo de chip estava sendo usado e entender completamente o uso do computador.

 A suspeita vem em um momento em que a segurança das informações nos sistemas Apple estão sendo questionados. Recentemente, o FBI afirmou que não precisa da ajuda da Apple para extrair dados de um iPhone 5c, apreendido com um dos atiradores no Massacre de San Bernardino. 

Fonte: Canal Tech.

follow us in feedly  

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.