Ben-Hur foi o maior fracasso comercial do verão norte-americano

0
156

A refilmagem Ben-Hur foi o filme que mais deu prejuízo financeiro para um estúdio de Hollywood durante o verão norte-americano, época do ano em que boa parte dos principais blockbusters são lançados nos cinemas.

De acordo com um levantamento realizado pelo site The Hollywood Reporter em conjunto com analistas de mercado e fontes na indústria, o longa-metragem dirigido por Timur Bekmambetov fez com que a Paramount e a MGM, produtoras do filme, tivessem um prejuízo de US$ 120 milhões.

Orçado em US$ 100 milhões — sem contar com os gastos em marketing —, o filme arrecadou US$ 24,8 milhões nos Estados Unidos e US$ 29,4 no resto do mundo, totalizando uma bilheteria total até então de US$ 54,2 milhões. De acordo com especialistas, mesmo que ainda faltem alguns territórios no calendário de estreias de Ben-Hur, o filme terá dificuldades para alcançar uma bilheteria de US$ 75 milhões (na projeção mais otimista).

Além de não ter mobilizado muito o público, Ben-Hur também não impressionou a crítca. Apenas 28% das 138 críticas da imprensa especializada no site Rotten Tomatoes são positivas. No site Metacritic a nota média das 33 críticas cadastradas é de 38/100.

Outros filmes que fizeram seus estúdios perderem dinheiro lançados no mesmo período que Ben-Hur foram O Bom Gigante Amigo, que teve US$ 165,3 milhões arrecadados nas bilheterias mundiais, custou US$ 140 milhões para ser feito e deve dar um prejuízo na casa entre US$ 90 milhões US$ 100 milhões.

A sequência Alice Através do Espelho foi outro filme que decepcionou. Com orçamento estimado em US$ 170 milhões, o longa-metragem arrecadou US$ 295.4 milhões, dando um prejuízo de ao menos US$ 65 milhões para a Disney.

Muitos estimativos costumam estimar que, para que um estúdio comece a lucrar com um filme, a produção tem que arrecadar mais ou menos o dobro de seu orçamento por conta com as despesas que a empresa tem com publicidade e outros gastos adicionais.

Fonte: Entreter-se

follow us in feedly  

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.