TIM vai lançar solução inteligente de chamadas por Wi-Fi em 2018

0
111

Mesmo perdendo a vice-liderança para a Claro, a TIM comemorou o ano: a empresa se posicionou como líder no pré-pago, investiu bastante em rede e promete maior foco em experiência do consumidor para 2018. Além de expandir o número de cidades atendidas com VoLTE, a operadora planeja lançar uma solução inteligente de Wi-Fi Calling.

O Tecnoblog conversou com Leonardo Capdeville, diretor de tecnologia da TIM Brasil. Embora o Wi-Fi Calling tenha sido uma promessa nas Olimpíadas, a operadora preferiu focar em VoLTE por conta da experiência do usuário. “Se um cliente estiver em uma chamada Wi-Fi e se desconectar da rede, a chamada cai. Ao mesmo tempo, se a rede Wi-Fi não for estável, a ligação fica ruim”.

Mesmo com os pontos negativos, a tecnologia será explorada pela TIM. “Lançaremos em 2018 uma solução inteligente de Wi-Fi Calling, onde um aplicativo rodará em segundo plano no smartphone do cliente, e decidirá qual a melhor forma da chamada ser feita. Se a rede 3G for melhor do que o Wi-Fi, por exemplo, a chamada será feita pela rede celular tradicional. No Wi-Fi Calling nativo não há essa escolha inteligente, a chamada vai sempre por Wi-Fi”.

Além de proporcionar melhor qualidade, a decisão por lançar um aplicativo em vez de habilitar o VoLTE nativo do sistema vem do fato de que poucos dispositivos vendidos no Brasil funcionam com Wi-Fi Calling nativamente. O aplicativo permitiria essa experiência em qualquer aparelho.

Capdeville ainda disse que o aplicativo funcionaria mesmo no iOS, o que parece estranho considerando as limitações de desenvolvimento da plataforma da Apple. No entanto, a opção nativa de Wi-Fi Calling do iPhone também estará disponível. Atualmente, Claro, Vivo e Porto Seguro Conecta possuem soluções de chamadas Wi-Fi.

Questionamos se o aplicativo também faria chamadas usando a rede de dados móveis, como o TU Go da Vivo, mas Capdeville não soube responder a pergunta. Seria interessante se funcionasse, permitindo que um turista que viajasse para outro país continue fazendo e recebendo chamadas usando um chip de internet de uma operadora local.

VoLTE a todo vapor

A TIM parece priorizar o aumentar o número de municípios com VoLTE, que chega a 1.043 cidades atendidas pela tecnologia. O VoLTE permite utilizar a rede 4G para chamadas telefônicas e melhora a qualidade da ligação caso ambos os dispositivos estejam na mesma rede.

A operadora não se limitou a ativar a tecnologia somente nas cidades com cobertura de 700 MHz; ela defende que os 1.800 MHz já são suficientes para isso, uma vez que a penetração de sinal é similar ao que a operadora entrega em redes 2G e 3G.

Três mil cidades cobertas com 4G até o fim do ano

Em apresentação à imprensa, o presidente da empresa Stefano de Angelis afirmou que a TIM cobrirá 3 mil cidades com 4G até o final de dezembro de 2017. Em novembro, a operadora registrava 2.551 municípios atendidos pela tecnologia. A operadora precisa cobrir 449 cidades em dezembro para cumprir a palavra do executivo.

Com isso, Angelis disse que o objetivo de 2017 foi ter a maior cobertura, mas que em 2018 quer ter a melhor cobertura. A operadora focará na melhoria da cobertura em ambientes internos, algo que será possível graças à expansão da rede de 700 MHz. Atualmente, a operadora já cobre 750 cidades com a frequência.

Para São Paulo, a maior cidade do país, a operadora aposta muito na faixa de 700 MHz justamente por não possuir licença em outra frequência baixa. A operadora ativará a rede 700 MHz na capital paulista até julho de 2018 e contará com ajuda de 500 biosites, antenas fixadas em postes de luz e que não agridem a paisagem. Para isso, um acordo foi feito com a prefeitura do município e prevê o direito de uso do solo por 5 anos.

Lucas Braga viajou para São Paulo a convite da TIM.

TIM vai lançar solução inteligente de chamadas por Wi-Fi em 2018

follow us in feedly  

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.