Se as coisas já não estavam fáceis, tudo aponta para que não melhorem. Pelo menos tão cedo. A Apple voltou a apresentar uma acção judicial contra a Qualcomm, acusando a fabricante de processadores de ter infringido oito patentes no fabrico dos novos Snapdragon, chips presentes em inúmeros modelos de smartphones…inúmeros, menos os que ostentam o logo da maçã trincada.

As patentes que a Apple reclama como suas estão relacionadas com o consumo de bateria de processadores, e a empresa de Cupertino acusa a Qualcomm de ter usado essas tecnologias nos processadores Snapdragon 800 e 820, que, apesar de não serem lançamento, fazem parte do hardware de smartphones topo de linha lançados entre 2015 e 2016. A nova acusação, trazida à estampa pela CNN, entra no historial de uma longa batalha judicial entre as duas companhias.

Enquanto a fabricante de chipsets acusa a Apple de ter violado seis das suas patentes, tentando fazer com que a venda de iPhones seja suspensa, a Apple defende-se e contra-ataca, dizendo que começou a desenvolver tecnologias que reduzem o consumo de bateria por parte de processadores muito antes da Qualcomm, que nega as novas acusações. O processo, caso efectivamente chegue a julgamento, poderá prejudicar o desenvolvimento de novos equipamentos que recorram a este processador.

Veja também…

Deixe o seu comentário

follow us in feedly  

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.